20/06 | 2 anos de Coletivamente

Compartilhe

Cuidado com as palavras

Compartilhe

Mesmo que muitos não pareçam autistas, não tenham aspecto característico de uma pessoa autista, como eu, é importante termos cuidado com as palavras quando nos referirmos a pessoas do espectro. Eu sofri muito ao logo da vida com problemas de relacionamento, de aprendizagem, de cognição, de desenvolvimento… Com muito esforço e ajuda de meus familiares, de amigos e da minha esposa, hoje consegui superar o pior. Mas continuo tentando, todos os dias, superar minhas limitações. No vídeo abaixo, faço um apelo: sejamos responsáveis com as palavras que emitimos sobre o autismo.

Veja também...

A juíza Rosa Fatorelli Tinti Neta, da 25ª Vara do Trabalho de São Paulo, deferiu a tutela de urgência pedida por um …

O aumento de diagnósticos de autismo e de decisões judiciais contra o Estado são as principais razões para o crescimento do Benefício …

O Projeto de Lei 1231/24 pretende tornar a Carteira de Identificação de Pessoa com Transtorno do Espectro Autista (Ciptea) suficiente para comprovar …

plugins premium WordPress