20/06 | 2 anos de Coletivamente

Compartilhe

Compartilhe

Cuidado para não cair no erro! Pessoas com TEA ( nível 2 e 3 de suporte):

Passar muitos anos e APENAS em função da fala, podemos estar esquecendo outros pilares importantes que levam a pessoa a se tornar INDEPENDENTE, FUNCIONAL!

A fala é importante, sim, mas venho aqui referir que a qualidade de vida dessa pessoa vai muito além de estímulos somente do falar. NOVAMENTE EU REFORÇO, a pessoa precisa de estímulos para se COMUNICAR na vida diária, para ter autonomia, independência, para ter algo maior: falo aqui de qualidade de vida, não só para ela (pessoa) como para toda a família.

Comer sozinha, tomar banho, escovar os dentes, saber esperar, controlar seus impulsos, retirar a roupa ou vestir-se, comunicação alternativa… São exemplos que os pais pedem e imploram para que treinem seus filhos!

Isso é um estímulo pensando na independência, isso é um estímulo abrangente: qualidade de vida!

Veja também...

O Brasil conta atualmente com cerca de dois milhões de pessoas diagnosticadas com Transtorno do Espectro Autista (TEA). Para muitas dessas pessoas, …

O Governo do Tocantins sancionou a Lei 4.461, que institui a Política Estadual de Acompanhamento Pré-Natal e Pós-Parto para gestantes com Transtorno …

Como terapeutas, sabemos que criar um ambiente leve e acolhedor é fundamental para o desenvolvimento da criança. Mas você sabia que podemos …

plugins premium WordPress