Compartilhe

Por medicamentos gratuitos

Compartilhe

Em abril de 2022, através da assessoria dos deputados Fabio Abreu e Fabio Trad, encaminhamos ofício ao Ministério da Saúde questionando o relatório contrário à inclusão dos medicamentos pelo SUS, sua justificativa contrária ao que é aceito pela comunidade científica, bem como questionamos como é composta a banca avaliadora sobre este assunto dentro da CONITEC. A elaboração desse ofício contou com o apoio do cientista brasileiro Dr Clay Brites e seu parecer técnico. Em 5 de maio, eles refutaram a argumentação apresentada e mantiveram a negativa que culminaria na nota técnica 14 de 29/7/22, contrária aos nossos anseios.

Nossa união é de suma importância e demonstrar nossa indignação tem seu valor. Todavia, ao meu ver, não será muito efetivo somente enviarmos e-mails, pois eles deixaram bem claro que a análise deles é “técnica”, não reagente ao clamor popular. Porém, coloquei as aspas pois tanto as contribuições feitas pela comunidade científica brasileira em março, quando abriram espaço para manifestações, quanto nosso relatório técnico solicitando explicações, foram respondidos de maneira evasiva, fechando os olhos para as evidências científicas.

Portanto, o que há de mais efetivo no momento são 2 saídas: solicitar a entrada de cientistas que abracem nossa causa para compor o time de análise da CONITEC (em andamento), bem como solicitar audiência pública, com ampla participação popular e da comunidade científica, para que sejam registrados em ata argumentos suficientes para derrubar a avaliação enviesada acerca dos medicamentos.

Os medicamentos não são despesa para a sociedade, o maior custo são para as pessoas com TDAH sem tratamento e sem direito a uma vida digna, que poderão cair na repetência e evasão escolar, bem como marginalidade e criminalidade em casos extremos, culminando no verdadeiro prejuízo.

O TDAH pertence a todos que são afetados por ele, não existem donos do transtorno ou representantes oficiais. Nossa união coordenada com inteligência garantirá nosso avanço pela causa. Sem isso, seremos todos engolidos pela burocracia e desinformação que acomete as pessoas com TDAH.

Seguimos na luta.

Veja também...

A arte, em sua essência vibrante e transformadora, espelha a própria natureza humana. Flexível, mutável e repleta de surpresas, ela reflete a …

No vídeo abaixo, Marcos Mion faz mais um alerta bastante importante. Agora, o apresentador, pai do adolescente atípico Romeo e um dos …

A Justiça de Praia Grande, no litoral de São Paulo, deferiu liminares para que a Amil não cancele contratos de plano de …

plugins premium WordPress