Compartilhe

Compartilhe

A Associação Brasileira de Planos de Saúde (Abramge) pressiona a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) pela criação de diretrizes claras para o tratamento do autismo, visando a sua incorporação ao rol de procedimentos dos planos de saúde. Um estudo da Abramge revelou que os custos com terapias para o transtorno do espectro autista (TEA) representaram 9,13% do custo médico total das operadoras, ultrapassando os gastos com tratamentos oncológicos. A necessidade de tratamentos individualizados e multidisciplinares, que podem variar de R$ 3 mil a R$ 20 mil mensais, é um dos principais fatores para o alto custo. Clínicas especializadas argumentam que a comparação com os custos do tratamento do câncer é incompatível, dada a diferença na natureza dos tratamentos.

O tratamento do TEA enfrenta desafios como a falta de profissionais qualificados e a necessidade de tratamentos personalizados, que demandam uma abordagem multidisciplinar. A ANS, que já estabeleceu a cobertura ilimitada (leia no artigo de Franklin Façanha) para sessões com especialistas para tratamentos do TEA, ainda analisa as contribuições de uma audiência pública sobre o tema. A discussão inclui a importância de diretrizes que orientem sobre o tratamento adequado, considerando a complexidade e a variedade de necessidades individuais dos pacientes.

O diagnósticos de autismo vêm aumentando cada vez mais (veja os número de 2023 em SP, no artigo de Katia Apolinário), porém, ainda não há números oficiais a respeito da prevalência de autismo no país. Projeto que o Brasil possa ter aproximadamente seus milhões de autistas, se considerarmos as estatísticas dos EUA proporcionalmente à população brasileira — já que não há nenhuma evidência de haver grandes diferenças do número de prevalência estadunidense em relação ao resto do mundo.

Veja também...

Na última quinta feira, dia 16 de maio, foi o Dia Nacional de Acessibilidade! @alinecastromg é uma referência nessa luta (não deveríamos …

Ter conhecimento básico sobre ABA é fundamental para todos os profissionais que atendem pacientes autistas.Para nós da área motora essa ciência é …

Os passeios até o Pratagy Acqua Park, em Ipioca, Alagoas, continuam proporcionando diversão para mais de mil crianças autistas que estudam em …

plugins premium WordPress