Compartilhe

Sociabilizar não é tudo

Compartilhe

O podcast Introvertendo, produzido por autistas adultos e com diálogos sobre o autismo, lançou na semana passada o seu 252º episódio, chamado “Desenvolvendo Habilidades Sociais”. O programador e ativista Willian Chimura (foto), colaborador do Coletivamente, que participa do episódio, fez um alerta sobre percepções equivocadas que pessoas podem ter de crianças que falam muito socialmente, mas que podem ser autistas.

“A criança pode ser super social, vai dar oi pra todo mundo na rua, diz coisas bonitas para as pessoas, manda beijo, dá abraço e alguém pensa: ‘poxa, será que essa criança realmente é autista? Porque nossa ela é tão social, ela interage tanto’. Mas, na verdade, uma perspectiva de se entender isso é que ela pode interagir da mesma forma que ela interage com seus amigos próximos, com qualquer pessoa na rua. É claro que crianças vão discriminar menos. Mas ao mesmo tempo não discriminar nada é justamente o critério de diagnóstico proposto pelo DSM para autismo”, afirmou.

Fim das atividades

A equipe do Introvertendo anunciou que vai encerrar suas atividades em 22 de setembro de 2023 e “Desenvolvendo Habilidades Sociais” é o terceiro da série, que tem um total de 11 episódios. Tiago Abreu, que dirige o programa, contou sobre bastidores do episódio. “Queria um episódio de formação inédita. A Thaís e o Willian nunca gravaram, apenas os dois, em um episódio. Como eles se dão muito bem, queria fazer esse teste. O tema foi ele quem escolheu e os dois ficaram muito satisfeitos com o resultado”, contou.

Tiago também afirmou que os episódios da série estão quase prontos e com as formações divididas. “Neste momento, já estamos com 8 dos 11 completamente prontos, e já produzindo os três últimos. Todos vão passar por vários episódios, conforme a disponibilidade. A Thaís e o Willian, por uma questão logística e de tempo, vão aparecer menos que os demais, mas também deixaram sua marca. Por isso também foi perfeito um episódio só dos dois”, descreveu.

Ele também disse que uma das ideias para a série de despedida é de ter uma ênfase nos integrantes do Introvertendo. “Trouxemos muitos convidados ao longo do programa. Mas, nessa reta final, acho que o mais valoroso é ter a nossa interação. Dos 11 episódios dessa série, 3 trazem convidados, e apenas um deles tem um foco nas pessoas que foram convidadas. Acho que já cumprimos a função de ampliar vozes da comunidade”, concluiu.

FONTE: canalautismlo.com.br

Veja também...

Na última quinta feira, dia 16 de maio, foi o Dia Nacional de Acessibilidade! @alinecastromg é uma referência nessa luta (não deveríamos …

Ter conhecimento básico sobre ABA é fundamental para todos os profissionais que atendem pacientes autistas.Para nós da área motora essa ciência é …

Os passeios até o Pratagy Acqua Park, em Ipioca, Alagoas, continuam proporcionando diversão para mais de mil crianças autistas que estudam em …

plugins premium WordPress