Compartilhe

Compartilhe

Tem uma frase que uso recorrentemente nos meus atendimentos e que, garanto, traz muitos resultados práticos: “Não façam pelas crianças, façam com as crianças”. Isso faz toda a diferença. A criança precisa experimentar, viver aquela experiência, seja ela bem ou malsucedida. É muito diferente quando ela se depara com uma dificuldade ou uma frustração e, ela mesma, tenta achar uma saída, sem a intervenção imediata do adulto ou do terapeuta. Conto mais sobre este processo no vídeo abaixo. Espero que gostem.

Veja também...

A arte, em sua essência vibrante e transformadora, espelha a própria natureza humana. Flexível, mutável e repleta de surpresas, ela reflete a …

No vídeo abaixo, Marcos Mion faz mais um alerta bastante importante. Agora, o apresentador, pai do adolescente atípico Romeo e um dos …

A Justiça de Praia Grande, no litoral de São Paulo, deferiu liminares para que a Amil não cancele contratos de plano de …

plugins premium WordPress