20/06 | 2 anos de Coletivamente

Compartilhe

Desenvolvimento e respeito

Compartilhe

Respeitar o processo de cada indivíduo é algo que sempre escutamos em diversos lugares. Porém, e quando esse processo envolve um familiar seu? Não estou me referindo ao tempo de cada um, mas sim ao processo de desenvolvimento, ou seja, ao trabalho do potencial de cada paciente.

Comumente recebo familiares que não compreendem a diferença do que é esperado pela sociedade e do que é esperado pelo próprio filho. Muitas mães apresentam a queixa de o filho não socializar-se, ou até mesmo não comportar-se de modo esperado em um determinado ambiente social. No processo de psicoterapia são trabalhados muitos aspectos que envolvem todas as queixas dos familiares, sobretudo a queixa do próprio paciente e sua real demanda.

Respeitar o processo do paciente é entender que muitas vezes, apesar de todo o empenho, o mesmo não irá ter uma socialização esperada, ou seja, não ficará três horas conversando sobre diversos assuntos e sorrindo como é esperado por muitas mães e muitos familiares. E tudo bem! Então reflita: respeitar o processo de cada indivíduo é algo que sempre escutamos em diversos lugares, mas e quando esse processo envolve um familiar seu? Se atente sempre ao melhor para o seu filho, busque profissionais capacitados, trabalhando sempre a autonomia e o respeito do mesmo.

Veja também...

O TRT da 9ª região reconheceu o direito de uma pessoa autista de exercer sua profissão de forma adaptada por meio do …

A arte me move e, com ela, tenho um coração de muitas cores. Eu amo criar e sei que o bom Deus …

No vídeo que segue, eu abordo as especificidades existentes para a educação de uma criança autista, ressaltando a necessidade de um reforço …

plugins premium WordPress