Compartilhe

Compartilhe

O transtorno do déficit de atenção com hiperatividade (TDAH) é um distúrbio neurobiológico caracterizado por sintomas como desatenção, impulsividade e inquietação motora. De acordo com a Associação Brasileira do Déficit de Atenção (ABDA), cerca de 3% a 5%  das crianças no mundo vivem com o transtorno. 

Alguns famosos com TDAH já vieram a público relatar suas vivências com o diagnóstico e provaram que, com o tratamento adequado, é possível lidar com a condição. Confira!

Virginia Fonseca

A influenciadora digital Virginia Fonseca revelou que foi diagnosticada com TDAH. Alguns meses antes do diagnóstico, a influencer compartilhou com os seguidores nas redes sociais que estava tendo dificuldade em se concentrar durante a terceira gestação, o que a motivou a buscar ajuda médica para investigar o sintoma.

Lily Allen

Em entrevista ao jornal britânico The Times, a cantora britânica Lily Allen contou ter sido diagnosticada com TDAH aos 37 anos. Após o diagnóstico, Allen decidiu se afastar das redes sociais pois “assim que olho para elas, posso passar horas do meu dia”, disse ao veículo.

Ryan Gosling

O ator canadense Ryan Gosling descobriu ter TDAH ainda criança. O ator revelou que chegou a sofrer bullying e a ser suspenso da escola devido ao comportamento hiperativo. 

Sabrina Sato

A apresentadora Sabrina Sato revelou ter TDAH em 2021. De acordo com Sabrina, sempre houve uma desconfiança a respeito de ter a condição, devido à sua inquietude. No entanto, o diagnóstico só foi dado na vida adulta. 

Michael Phelps

O nadador Michael Phelps, um dos maiores medalhistas olímpicos de todos os tempos, acabou conhecendo o esporte devido ao TDAH. Isso porque os pais do atleta o matricularam em aulas de natação para melhorar sua concentração. 

Will Smith

O ator americano Will Smith também é um dos famosos com TDAH. Segundo o artista, o transtorno impactou negativamente seu impacto escolar e o tornou menos ativo em projetos profissionais quanto queria. 

Simone Biles

A ginasta americana Simone Biles veio a público revelar seu diagnóstico de TDAH após ser incluída no programa de Isenções de Uso Terapêutico (TUE) da Agência Mundial Antidoping (WADA). Isso porque os atletas precisam de autorização para competir enquanto realizam o tratamento medicamentoso. “Tenho TDAH e não é vergonha me medicar para isso, não temo que as pessoas saibam”, afirmou.

Jim Carrey

Conhecido por personagens como “O Máskara”, Jim Carrey revelou ter sido diagnosticado com TDAH. Para o ator, a condição afeta a qualidade de seu sono, já que afirma ter dificuldade em pegar por conta de seus pensamentos. No âmbito profissional, Carrey conta que o transtorno faz com que ele passe muito tempo focado em um personagem. 

Como é feito o diagnóstico

De acordo com a neuropsicóloga Tammy Marchiori, o diagnóstico de TDAH é feito por um profissional de saúde mental, como psicólogos ou psiquiatras, com base nas diretrizes do Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais (DSM) ou da Classificação Internacional de Doenças (CID).

“Este processo envolve entrevistas com o paciente e, no caso de crianças e adolescentes, também com os pais ou responsáveis, focando no histórico comportamental, desenvolvimento, sintomas atuais e seu impacto nas atividades diárias. É necessário verificar a presença de sintomas de desatenção, hiperatividade e impulsividade que se manifestem em mais de um ambiente, como na escola e em casa, por pelo menos seis meses”, explica.

Como é o tratamento

Segundo a especialista, o tratamento para TDAH é multidisciplinar, feito com uma combinação de abordagens como psicoterapia, uso de medicamentos, intervenções educacionais e mudanças no estilo de vida do paciente. 

A escolha das intervenções de tratamento deve ser personalizada, considerando as necessidades e respostas individuais, com uma estreita colaboração entre profissionais de saúde, pacientes e suas famílias para maximizar a eficácia do tratamento”, finaliza. 

FONTE: https://www.minhavida.com.br/materias/materia-23950

Veja também...

A comunidade autista no Brasil está profundamente consternada pela morte de Liliane Senhorini, a querida Lili, professora, ativista e mãe de três …

Ei, pessoal! Vamos falar sério por um minuto? Você, adulto, acha que seria eficaz se sua sessão de terapia durasse apenas 20 …

Primeiramente, vamos entender o que é o BPC/LOAS. BPC é a sigla do Benefício de Prestação Continuada, um benefício assistencial pago pelo …

plugins premium WordPress