Compartilhe

História de Jessye Blue é destaque

Compartilhe

Maior organização de autismo do mundo, a @autismspeaks divulgou a história da linda e talentosa artista Jessye Blue, que é uma de nossas colaboradoras. Disse a talentosa Jessye:

“Moro no Nordeste do Brasil, em uma pequena cidade do estado da Paraíba, onde a ajuda para adultos autistas é quase inexistente.

Isso significava que eu não teria perspectiva de futuro quando meus pais falecessem.

Meu diagnóstico foi tardio e não tive a ajuda adequada.

Tive síndrome do pânico na adolescência.

Minha escola não era inclusiva e a seletividade alimentar me fez ter desnutrição extrema até os 17 anos.

Minha família e eu não sabíamos que todos esses sintomas vinham do autismo, então essa fase da minha vida foi extremamente difícil.

Mas, usando canetas, cores e livros para colorir, mergulhei em um mundo de colorir e desenhar e senti uma força revigorante.

Comecei a me reinventar e superei tantos dias em silêncio, em isolamento, mas não foi o suficiente.

Até que um raio de sol entrou na minha vida, pouco antes da pandemia do Covid.

Em dezembro de 2019, conheci uma mulher, chamada Grazi Gadia @grazicorbgadia , que tem sido um exemplo de mulher e mãe para tantas de nós que estamos dentro do espectro autista.

Ela não tinha nenhum motivo especial para olhar para a nossa causa, mas decidiu criar um festival de artes para autistas e, com isso, começou a abraçar muitas famílias de autistas.

Melhorou muito a minha autoestima e me tornou uma pessoa única como cada um de nós do espectro é.

E a Grazi se tornou minha professora de arte. Ela me encorajou a expandir minha criatividade além do meu hiperfoco.

@hippiechickids comprou 3 quadros assinados por mim que viraram prints de seus produtos.

Hoje, sou monitora do curso de artes – @art_shearts ministrado pela minha professora Grazi Gadia.

Juntos, ensinamos arte de forma online para crianças e adultos com TEA.

Meu maior desejo hoje é apoiar as famílias para que possam olhar para seus filhos no espectro autista com maior empatia e confiança.

Seus filhos não precisam ser artistas para poder colorir o mundo. Acreditar no meu potencial fez com que minha arte ultrapassasse fronteiras e chegasse até a Austrália e aos Estados Unidos.

Meu maior sonho é visitar o Walt Disney World.”

Veja também...

A arte, em sua essência vibrante e transformadora, espelha a própria natureza humana. Flexível, mutável e repleta de surpresas, ela reflete a …

No vídeo abaixo, Marcos Mion faz mais um alerta bastante importante. Agora, o apresentador, pai do adolescente atípico Romeo e um dos …

A Justiça de Praia Grande, no litoral de São Paulo, deferiu liminares para que a Amil não cancele contratos de plano de …

plugins premium WordPress