Compartilhe

Para fisgar a atenção

Compartilhe

Nas mentorias que eu costumo fazer com terapeutas, eles costumam trazer para mim uma dificuldade que, até certo ponto, é muito comum se deparar no atendimento com crianças hiperativas ou dentro do espectro autista. O desafio é conduzir uma abordagem com um paciente que não detém a atenção a apenas um aspecto ou um objeto escolhido para se trabalhar. Para isso, eu costumo usar algumas estratégias que dão resultado. Falo um pouco mais sobre elas no vídeo abaixo. Espero que gostem!

Veja também...

A comunidade autista no Brasil está profundamente consternada pela morte de Liliane Senhorini, a querida Lili, professora, ativista e mãe de três …

Há ainda escassez de estudos de alta qualidade quando falamos de psicoterapia com adultos autistas. Mais pesquisas precisam ser feitas. Porém, o …

No vídeo abaixo, Marcos Mion faz mais um alerta bastante importante. Agora, o apresentador, pai do adolescente atípico Romeo e um dos …

plugins premium WordPress