Compartilhe

Robô e o sono das crianças

Compartilhe

O projeto de um robô criado para auxiliar o sono de crianças com Transtorno do Espectro Autista (TEA), foi desenvolvido por cinco jovens estudantes do curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas da Faculdade Católica Imaculada Conceição (FICR).

“As crianças com TEA podem ter problemas com o sono, como a paralisia do sono. E elas precisam manter rotinas. A gente pensou num projeto que envolvesse hardware e software. Então temos a ideia de um robô que emite sons calmantes e luzes que podem ser personalizados para cada criança, gerando um ambiente acolhedor para ela, e ele recolhe dados sobre o sono. Além disso, o projeto prevê um aplicativo com uma parte de gamificação para a pessoa interagir diariamente”, explica a estudante Izadora Andrade, uma das integrantes do grupo.

A adaptação do Fantaso & Hipnos para as diferentes demandas de cada criança se dá por meio do treinamento de uma Inteligência Artificial (IA), conforme detalha o responsável pelo projeto, Vitor Câmara.

“Planejamos treinar previamente uma IA para gerenciar as diferenças entre os perfis de cada criança e auxiliar os pais e responsáveis com configurações pré-definidas, porém com opção para personalização. Então, quanto mais tempo o usuário utiliza a aplicação, mais a IA aprende sobre os comportamentos e, consequentemente, aumentam as chances de acerto e aceitação do usuário”, explicou.

Escolha do público

A escolha de desenvolver um projeto para crianças com TEA partiu do tema do semestre passado: Saúde Mental e Bem Estar. O grupo, que também conta com a participação das alunas Amanda Oliveira e Yasmim Patriota, chegou ao consenso sobre o público infantil. Uma das estudantes, a Maria Eduarda, sugeriu delimitar para o TEA, e após se aprofundarem nas pesquisas, encontraram diversos artigos científicos que citavam os distúrbios de sono.

O grupo está focado agora no desenvolvimento de um protótipo e a meta é finalizar até o começo de dezembro. “Caso a entrega final desse período sair como esperado, iremos evoluir a ideia e desenvolver um produto final”, comenta Vitor.

Um dos grandes incentivos para que o projeto Fantaso & Hipnos possa ser concluído, foi o prêmio de primeiro lugar da 5ª edição do Festival Rec’n’Play, promovido pela prefeitura de Recife em parceria com o Porto Digital.”Após o prêmio, muitas coisas foram facilitadas para nossa equipe, mostrando que a premiação traz algo mais importante que o dinheiro, traz visibilidade, reconhecimento e investimento”, disse o estudante.

Fonte: JC (https://jc.ne10.uol.com.br/colunas/enem-e-educacao/2023/11/15637339-universitarios-do-recife-criam-robo-para-auxiliar-sono-de-criancas-com-autismo.html)

Veja também...

A comunidade autista no Brasil está profundamente consternada pela morte de Liliane Senhorini, a querida Lili, professora, ativista e mãe de três …

Há ainda escassez de estudos de alta qualidade quando falamos de psicoterapia com adultos autistas. Mais pesquisas precisam ser feitas. Porém, o …

No vídeo abaixo, Marcos Mion faz mais um alerta bastante importante. Agora, o apresentador, pai do adolescente atípico Romeo e um dos …

plugins premium WordPress