Compartilhe

Compartilhe

“Não busque ser um homem de sucesso, busque ser um homem de valor”. (Albert Einstein)

Pessoas superdotadas apresentam necessidades sociais, educacionais, afetivas, diferentes das pessoas típicas, por fatores como: cognição complexa, intensidade emocional, intensidade nas respostas, imaginação fértil, reações exacerbadas, hiperfocos, etc. Consequentemente, é necessário haver maior entendimento daqueles que fazem parte do entorno sobre como esses indivíduos atuam, sentem e entendem o mundo, se tornando menos vulneráveis, apresentando maior segurança e consciência sobre o mesmo. Em contrapartida, quando não recebem entendimento e acolhimento, podem se sentir frustrados, apresentando comportamentos antissociais como: hostilidades, agressões, enfrentamento de autoridade, etc.


Essas reações negativas podem se apresentar a partir do fato de que a maioria das pessoas mistificam a superdotação, concluindo que inteligência abrange o indivíduo por completo, achando que ele sabe sobre qualquer assunto, é um privilegiado, e o sucesso para ele é fácil de ser alcançado, afinal são “gênios”.

Medidas de sucesso

Mas, quais são as medidas de sucesso para um superdotado? Primeiro, precisamos entender que somos todos diferentes. Diferenças de interesses, estilos de aprendizagem, níveis de motivação, personalidade, ritmo de aprendizagem, etc. Ao compreender a cultura onde esse indivíduo se insere, podemos vislumbrar medidas de sucesso. O que a sociedade valoriza; a sua família, suas relações e, nessas inter-relações como o superdotado se expressa e é entendido em suas potencialidades, interesses, particularidades afetivas e emocionais, são fatores determinantes para que ele encontre ou não o tal sucesso.

Gostaria também de lembrar que não podemos impor o nosso conceito de sucesso julgando o agir do outro. Aquilo que você pensa que seja do interesse geral como ganhar muito dinheiro, projeção, fama, etc. Pode não despertar interesse ou fazer nenhum sentido para o superdotado. Muitas vezes o fato de poder desenvolver suas ideias e colocá-las em prática, lidar com seus hiperfocos, alimentar sua curiosidade, são as mais altas medidas de sucesso para ele, ou ainda aprender a lidar com características como: perfeccionismo, procrastinação, estresse, intensidade emocional, expectativas criadas, etc.

Concluo que muitas das vulnerabilidades que acompanham as pessoas superdotadas estão na discrepância entre seu nível de desenvolvimento e as expectativas da sociedade. À medida que conscientizamos a sociedade com informações claras sobre as características da superdotação, e há maior empatia e sintonia, desmistificando assim os estereótipos criados, se tornam maiores as chances de cada um alcançar as variantes de sucesso próprias. Viva e deixe viver!

Veja também...

Na última quinta feira, dia 16 de maio, foi o Dia Nacional de Acessibilidade! @alinecastromg é uma referência nessa luta (não deveríamos …

Ter conhecimento básico sobre ABA é fundamental para todos os profissionais que atendem pacientes autistas.Para nós da área motora essa ciência é …

Os passeios até o Pratagy Acqua Park, em Ipioca, Alagoas, continuam proporcionando diversão para mais de mil crianças autistas que estudam em …

plugins premium WordPress