Compartilhe

Compartilhe

“Querido Papai Noel, me chamo Gabriel Almeida, tenho 8 anos e ainda não sei escrever porque sou uma criança especial. Sou autista e gostaria muito de ganhar uma bola de presente de Natal”.

O trecho foi escrito em uma das mais de 5 mil cartinhas de Natal que a ACIF (Associação do Comércio e Indústria de Franca) recebeu este ano e que têm sido apadrinhadas por pessoas com interesse em dar suporte a famílias que precisam, neste momento fraterno do ano. Triadas pelos colaboradores da ACIF, todas são lidas e separadas por categorias e, neste momento, o pedido de Gabriel despertou a sensibilidade da entidade que resolveu atender ao pedido e entregar o presente durante o treino da equipe do Sesi Franca Basquete, que recebeu Gabriel e seus pais com muito carinho na tarde de quarta-feira, 21 de dezembro, no estádio do Pedrocão, ‘templo do basquete’.


Paixão pelo basquete

“O basquete é a área de interesse do Gabriel, único momento em que ele socializa. Eu estou surpresa com ele, hoje, aqui, conversando e brincando com os jogadores. Até com a família é difícil ver ele assim”, disse a dona de casa Júlia dos Reis Garcia, mãe de Gabriel, que na verdade se chama Klayver Gabriel.

“Coloca o Klayver (no texto), porque senão o pai dele fica triste”, disse Julia, aos risos. “É o nome de um jogador de futebol holandês, muito bom, que jogava no Barcelona em ‘94’. Era o melhor”, explicou o pai de Klayver Gabriel, Diego de Souza Almeida.

Também estiveram na ação o técnico do Franca Basquete, Helinho, o superintendente da ACIF, Marcelo Carraro Rocha, e o presidente da entidade, Tarciso Bôtto, que falou sobre a importância do projeto de adoção das cartas de Natal.

“É um projeto ao qual a ACIF se dedica há mais de 20 anos e que tem o engajamento de toda a entidade e da comunidade. No ano passado, 90% das cartas foram adotadas e precisamos de uma força extra neste ano, já que de 2 mil correspondências, nosso Papai Noel recebeu mais de 5 mil”, disse.

Encontro com o time

Klayver Gabriel e a família tiveram entrada VIP à quadra do Pedrocão. Passaram pelo vestiário, tiveram a visão que têm os jogadores ao pisarem na quadra. O pequeno fã, que entrou meio desconfiado, logo se viu correndo em meio aos jogadores que só assistia pela TV e passou a cumprimenta-los com soquinho nas mãos. Foi fácil registrar os sorrisos de Gabriel, que não pôde acreditar quando viu, entrando em quadra, o próprio Papai Noel, com uma cesta de Natal e chocolates, presentes que ele também havia pedido em sua cartinha. E a bola? O Sesi Franca Basquete entregou o presente autografado.

“Foi um dia emocionante”, resumiu Julia.

Fonte: Site Acifranca.com.br (https://www.acifranca.com.br/news.php?param=acif-e-sesi-franca-realizam-sonho-de-garotinho-em-ter-uma-bola-de-basquete)
Fotos: Marcos Limonti/Sesi Franca Basquete e Lucas Monteiro/ACIF.

Veja também...

A comunidade autista no Brasil está profundamente consternada pela morte de Liliane Senhorini, a querida Lili, professora, ativista e mãe de três …

Há ainda escassez de estudos de alta qualidade quando falamos de psicoterapia com adultos autistas. Mais pesquisas precisam ser feitas. Porém, o …

No vídeo abaixo, Marcos Mion faz mais um alerta bastante importante. Agora, o apresentador, pai do adolescente atípico Romeo e um dos …

plugins premium WordPress