20/06 | 2 anos de Coletivamente

Compartilhe

Compartilhe

Ao contrário do que muitos pensam, o objetivo da psicoterapia não é robotizar o indivíduo autista e tampouco transformá-lo em outra pessoa. Sabemos que há um certo preconceito com relação ao que seja uma psicoterapia. Porém, vou lhe informar de modo abreviado como ocorre esse processo.

No ambiente psicoterápico, o paciente tem a possibilidade de ser ele mesmo, é um espaço onde o seu processo pessoal e social é de fato compreendido. O profissional psicólogo, na área de autismo, é capacitado para auxiliar o indivíduo a entender seus comportamentos, seus conflitos, e, sobretudo, o que é esperado pela sociedade e o que cabe a ele ou não fazer diante disso. Ou seja, o processo de psicoterapia é um eterno autoconhecimento e aprendizado.

Veja também...

O Brasil conta atualmente com cerca de dois milhões de pessoas diagnosticadas com Transtorno do Espectro Autista (TEA). Para muitas dessas pessoas, …

O Governo do Tocantins sancionou a Lei 4.461, que institui a Política Estadual de Acompanhamento Pré-Natal e Pós-Parto para gestantes com Transtorno …

Como terapeutas, sabemos que criar um ambiente leve e acolhedor é fundamental para o desenvolvimento da criança. Mas você sabia que podemos …

plugins premium WordPress