18 de junho | Dia Mundial do Orgulho Autista

alimentacao

Alimentação no TDAH

O transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH) é um tipo de transtorno neurobiológico genético que geralmente aparece na infância. Os principais sintomas são desatenção, inquietude e impulsividade, e o tratamento inclui opções medicamentosas e ajustes no estilo de vida. A alimentação, por exemplo, é essencial para ajudar a controlar os sinais da condição. […]

Alimentação no TDAH Read More »

Seletividade alimentar

A seletividade alimentar na alimentação de autistas não é um critério diagnóstico para o autismo. Porém, é algo bastante comum no cotidiano dessas pessoas. Isso ocorre, principalmente, quando a gente fala em crianças. Afinal, elas têm essa característica em maior evidência. Assim, os desafios na alimentação chamam a atenção dos pais e familiares de autistas.

Seletividade alimentar Read More »

A tal da microbiota

Segundo Hipócrates, toda doença começa no intestino. Por muito tempo essa informação foi negligenciada. Com o avanço da indústria alimentícia e o desequilíbrio da microbiota, hoje em dia temos a necessidade de cuidar cada vez mais do nosso intestino delgado. Sabemos que o desequilíbrio da composição microbiana do intestino no TEA causa uma digestão pobre,

A tal da microbiota Read More »

Xenobióticos x autistas

Com o crescimento desordenado da população mundial, os transgênicos na agricultura têm se tornado cada vez mais frequentes em nosso cotidiano. Existem muitos genes sendo testados para a transformação de plantas quecondicionam desde resistência a patologias causadas por fungos e bactérias, até a produção de proteínas e produtos farmacológicos. Estudos recentes mostram a relação da

Xenobióticos x autistas Read More »

Autismo e obesidade

É evidente o risco de sobrepeso e obesidade para pessoas no espectro autista, mas a relação entre comportamento e o funcionamento dessas pessoas ainda não apresenta conclusões definitivas. Os riscos aumentados envolvem fatores como sono irregular, problemas emocionais, problemas gastrointestinais, seletividade alimentar, atividades sedentárias e pouco incentivo aos exercícios físicos. E, também deve-se destacar vulnerabilidades

Autismo e obesidade Read More »

Desjejum e desempenho

A característica principal desta refeição é a quebra do jejum. Tradicionalmente, o período noturno é associado a uma menor taxa metabólica, mas de grande atividade hormonal, que favorece o início de uma jornada intensa. A melatonina, conhecida como o hormônio do sono, tem a função de detoxificar o organismo enquanto dormimos. As crianças autistas ou

Desjejum e desempenho Read More »

plugins premium WordPress